CRUZANDO O YUKON / JOHN BALZAR

cruzando o yukonQue tal amarrar uma dúzia de cães peludos a um trenó e participar de uma corrida de 1.646 quilômetros, sobrevivendo sozinho ao ar livre por talvez dez dias consecutivos em pleno inverno subártico, e atravessar o Yukon e o Alaska? Vamos nessa?

O território canadense do Yukon e o estado americano do Alaska são vizinhos na geografia e na imaginação do mundo. Por lá aconteceu a famosa “Corrida do Ouro” do século XIX, que atraiu centenas de milhares de pessoas do mundo inteiro, inclusive o grande escritor Jack London, todos em busca de fama e fortuna. Terminado o garimpo em larga escala, restou um pequeno grupo de homens e mulheres, descendentes daqueles primeiros aventureiros, que mantiveram as antigas tradições e estilo de vida. Entre elas as corridas de longa distância com cães de trenó.

Cruzando o Yukon conta a história da mais longa e difícil dessas corridas, que acontece anualmente, reunindo personagens autênticos e únicos (criadores de cães das regiões habitadas mais geladas do mundo, caçadores de peles, pescadores, lenhadores, mateiros e ermitões), que vivem quase que exclusivamente para as corridas de trenós puxados por cães. Você abre o livro e sente que está segurando a ponta de rédeas, vira uma página e enxerga seus quatorze cachorros atrelados na outra ponta, vira mais uma página e sente o vento gelado de – 35oC cortando seu rosto e a cada nova página vai se perdendo pela vastidão de tundras e taigas geladas no auge do inverno. No meio do livro você estará gelado por fora e fervendo de adrenalina por dentro!

Numa época em que tudo parede ser “aventura”, até descer um viaduto de rapel ou passear de bicicleta pela cidade à noite, é confortante encontrar um livro que nos ajude a entender a verdadeira dimensão dessa palavra. Aventura com “A” maiúsculo é o que este livro propõe.

Um livro recomendado para ser lido ao lado de seu melhor amigo de quatro patas!

Cruzando o Yukon
John Balzar
Editora Alegro
2000
372 páginas
ISBN 8587122118