Biblioteca Aventura »

ENDURANCE / CAROLINE ALEXANDER

ENDURANCEHistórias de aventura geralmente terminam em sucesso, conquistas, vitórias, glórias, fama e, às vezes, títulos de nobreza e fortuna. Não é esse exatamente o caso da expedição de Shackleton à Antártida em 1915-16, mas mesmo assim essa é uma das maiores proezas humanas em ambientes inóspitos.

Quem me indicou esse livro foi o Amyr Klink. Ele cita Shackleton diversas vezes no seu livro Entre dois Pólos. Eu estava numa palestra que ele deu no Clube Hebraica de São Paulo, em 1999, e a primeira coisa que fiz quando saí de lá foi comprar o livro. Obrigado Amyr!

Eu sempre acreditei que é possível conhecer uma pessoa através dos livros que ela leu, do tipo de música que ouve, da comida que gosta. Muito mais fácil do que tentar conhecer alguém pela roupa que veste, pelo carro que dirige ou pela cara que ela tem. Depois de ler Endurance acho que conheci um pouco do Amyr Klink, ou pelo menos pude entender melhor o que ele foi fazer no Pólo Sul. Ouso até a dizer que me senti “próximo” a ele.

A história do livro é bem simples e conhecida: o explorador Ernest Shackleton partiu da Inglaterra com um navio carregado de mantimentos, equipamento e homens para tentar a primeira travessia do continente Antártico. O navio encalhou num oceano congelado e ficou vagando meses pelo mar tempestuoso das altas latitudes até ser triturado pelo gelo e naufragar. Shackleton e seu time desistiram da empreitada de cruzar a Antártida e abraçaram um objetivo muito mais nobre: sobreviver.

Durante 22 meses eles permaneceram juntos, como uma equipe coesa, firmes no único objetivo comum. Shacketon foi o maestro dessa aventura. Nenhum integrante da expedição perdeu a vida ou se machucou gravemente. O espírito de colaboração e união perseverou e triunfou. Apesar do aparente fracasso da empreitada, Shackleton foi recebido como herói na Inglaterra e celebrado em todo mundo como um líder único.

Hoje em dia, talvez para mortificação de Shackleton, seu exemplo e disciplina são utilizados para incentivar e inspirar membros de equipes de trabalho em grandes corporações, numa reviravolta moral completamente avessa às premissas do grande explorador. Shakleton dedicou sua vida à exploração polar, à expansão do conhecimento humano e se arriscou, mais que qualquer outro na Expedição do Endurance, para que todos sobrevivessem com saúde e integridade, sem se preocupar com enriquecimento, lucro ou boas vendas do que quer que fosse.

O livro, além de muito bem escrito pela pesquisadora especializada, Caroline Alexander, traz as fantásticas fotos resgatadas do gelo pelo fotógrafo oficial da expedição, Frank Hurley. Fotos tão nítidas e belas que fica difícil acreditar que têm cem anos de idade!

Uma leitura para entusiasmar aventureiros como o Amyr Klink, você e eu.

Endurance – A Lendária Expedição de Shackleton à Antártica
Caroline Alexander
Companhia das Letras
1998
243 páginas
ISBN 9788571648807
www.companhiadasletras.com.br