Trilhas e Roteiros »

CicloMantiqueira DIA 06 / Brazópolis – Itajubá

CicloMantiqueira DIA 06 / Brazópolis – Itajubá

KM Total: 26,87
Metros subidos: 353 / descidos: 387
Tempo estimado: 1 a 2:30 horas

DESCRIÇÃO:

Um roteiro completamente diferente do trajeto unindo Brazópolis a Itajubá, publicado como parte da CICLOVIAGEM 4, mapeado no GUIA DE TRILHAS ENCICLOPÉDIA (VOL. 4), também editado pela Kalapalo Editora e de autoria de Guilherme Cavallari. Inclusive, para quem quiser pedalar mais quilômetros e por caminhos diferentes, ainda mais isolados e agrestes, o trajeto da Cicloviagem 4 oferece uma boa alternativa. O roteiro do DIA 6 da Ciclomantiqueira leva o cicloturista pela cidade de Piranguinho, capital do Pé de Moleque, para chegar até Itajubá. Trecho praticamente sem subidas ou descidas, com exceção de uma curta serra depois da entrada da Fazenda Santa Terezinha, logo no começo do percurso. Todo o percurso da CicloMantiqueira encontra-se minuciosamente descrito e mapeado no GUIA DE TRILHAS CICLOMANTIQUEIRA.

Trilhas são caminhos orgânicos, vivos, primeiras testemunhas de nossos passos na Terra. Todo caminho nasce de uma trilha. Todo caminho guarda em si o DNA de sua origem. Antes de visitar qualquer trilha publicada em nossos livros, aconselhamos a visita a sua página nessa sessão. Leia os comentários de quem já esteve lá, verifique se houve alteração nos roteiros. Depois de fazer uma de nossas trilhas, escreva aqui seus comentários e ajude a manter nossos títulos atualizados. A comunidade Kalapalo agradece…

Sua opinião (em pedaços de pizza)

6 comentários »

  1. Luciano Vieira 23/01/2014 at 23:50 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Meu segundo dia de uma cicloviagem de 420 km em 7 dias foi o mais curto, apenas 30 km... Isso porque eu decidi pernoitar em Itajubá, na casa de um casal de amigos que há muito tempo não via. Tirei o dia para confraternizar com o Flavinho e a Vanessa, valeu, casal ! O caminho foi super tranquilo, apenas uma subida entre Brazópolis e Piranguinho, o trecho mais técnico desse dia. O mais bonito também... Apesar de que o trecho que passa pela antiga estrada de ferro de Piranguinho a Itajubá também é bem legal, a antiga ponte de ferro o ponto alto... Parada obrigatória em Piranguinho para o pé-de-moleque... A antiga estação de trem de Itajubá está totalmente restaurada, como diz outro post aqui do site. Cheguei em Itajubá antes do meio-dia, a tempo de pegar um delicioso almoço na casa dos amigos... Quem tem amigo tem tudo !

    Nota:

  2. Bueno 13/04/2013 at 13:34 - Responder

    Esporte praticado: Motocross

    Característica pessoal: Fim de semana

    Comentário: Acho q a coordenada mais próxima é -22.47325, -45.61851.

    Nota:

  3. Bueno 13/04/2013 at 13:29 - Responder

    Esporte praticado: Motocross

    Característica pessoal: Fim de semana

    Comentário: Estou plotando a trilha no meu GPS antes de faze-la e vi que a coordenada do Marco zero está errada, acaba apontando para São Bento do Sapucai. Pretendo em breve fazer a trilha, quando obter a coordenada no local, posto aqui...

    Nota:

  4. ANGELO RODRIGUES RABELO JUNIOR 08/03/2012 at 22:25 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Realizado no dia 20/02/2012 em alternativa ao 3º dia da cicloviagem 4 (EnCiclopédia 4), o trajeto se mostrou relativamente fácil e confortável. Trecho mais charmoso da cicloviagem, passa por um ambiente bucólico, com casinhas simples e suas criações (gado, aves, suínos...), muito agradável e ideal para desfazer a idéia de que galinha é aquela dos caldos Maggi... hehehe Atração à parte são os pés-de-moleque de Piranguinho... com grande variedade e tamanhos e a preços módicos, são excelentes para repor energias (versão mineira dos shakes)... rsrsrs Tirando uma subida bem íngreme e relativamente longa (+ - 2 km) logo no km 4, o percurso é todo plano. Encontramos uma condição mais dificultada nesta subida, devido à erosões, o que exigiu mais atenção e técnica... Nada absurdo... Para compensar a descida tava um “tapete” e deu pra deixar a bike andar... No final, já em Itajubá, talvez pela satisfação do “passeio”, não encontramos a referência do km 26,31 o que nos desviou do trajeto proposto. Contudo com a hospitalidade característica dos mineiros foi uma pergunta e tudo tava resolvido... Valeu a pena... Mostrou-nos outras realidades que às das áreas urbanas que estamos acostumados.

    Nota:

  5. Hendrik Fendel 14/10/2010 at 22:27 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Na pagina 30, 6º dia a coordenada do marco zero esta incorreta, é a mesma do dia anterior (5º dia).

    Nota:

  6. Walter Kauss 16/07/2010 at 22:26 - Responder

    Esporte praticado: Motocross

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Neste trecho o que me chamou atenção foi o gostoso pé de moleque de Piranguinho. Nunca imaginei que houvesse uma cidade com esta atração. Fiquei fã do doce de lá, olha que não sou muito chegado a doces. Caminho e referências ok.

    Nota:

Deixe um comentário »

* * *


+ quatro = 13