Trilhas e Roteiros »

CicloMantiqueira DIA 26 / Itajubá – Campos do Jordão

CicloMantiqueira DIA 26 / Itajubá – Campos do Jordão

KM Total: 59,66
Metros subidos: 1.548 / descidos: 906
Tempo estimado: 3:15 a 6:30 horas

DESCRIÇÃO:

Itajubá é um município mineiro a 845 metros de altitude. Campos do Jordão fica no estado de São Paulo e é o município mais alto do Brasil, segundo o IBGE, a 1.628 metros de altitude. Esse dados já servem como resumo desse dia da CicloMantiqueira. Um dia de subir a serra! Campos do Jordão é uma importante cidade turística, com enorme potencial de trilhas e inclusive três roteiros de mountain bike, relativamente curtos, mapeados e publicados no GUIA DE TRILHAS ENCICLOPÉDIA VOL. 4, editado pela Kalapalo Editora e também de autoria de Guilherme Cavallari. Clique nos links para ler as descrições e ver fotos dessas trilhas: CAMPOS DO JORDÃO 1CAMPOS DO JORDÃO 2CAMPOS DO JORDÃO 3. Esse é um dia longo e extenuante da CicloMantiqueira, mas também extremamente bonito. Subir até Campos do Jordão a partir de Itajubá exige força, disciplina e vontade. A vista da Pedra do Baú no caminho, por exemplo, é uma das recompensas. Chegar a Campos do Jordão, considerada uma cidade de turismo de luxo, de bicicleta e não de carro ou helicóptero, é também muito recompensador e faz os confortos e mimos locais serem desfrutados com mais sabor. Todo o percurso, bem como indicações de hospedagem e alimentação, encontra-se minuciosamente descrito e mapeado no GUIA DE TRILHAS CICLOMANTIQUEIRA.

Trilhas são caminhos orgânicos, vivos, primeiras testemunhas de nossos passos na Terra. Todo caminho nasce de uma trilha. Todo caminho guarda em si o DNA de sua origem. Antes de visitar qualquer trilha publicada em nossos livros, aconselhamos a visita a sua página nessa sessão. Leia os comentários de quem já esteve lá, verifique se houve alteração nos roteiros. Depois de fazer uma de nossas trilhas, escreva aqui seus comentários e ajude a manter nossos títulos atualizados. A comunidade Kalapalo agradece…

Sua opinião (em pedaços de pizza)

4 comentários »

  1. Juliana Vieira 01/08/2013 at 9:33 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Trecho do primeiro dia da Expedição e Curso de Montain Bike que ocorreu agora em 07/13. Fizemos o anel iniciando em Campos do Jordão e terminando em Maringa (Visconde de Maúa). É um início bem interessante, pois o trecho de 59,66 já exige do corpo e já nos prepara para os dias seguintes. Temos uma descida impressionante, (descemos não, o termo correto seria despencamos!), pois é um desnível bem acentuado. O belo visual compensa o esforço da descida, (quem não tem um boa suspensão e está de v-brake, sofre um pouquinho mais....hehehe), Eu pessoamente, achei a serra LINDA! mas o que mais chama atenção é pensar como seria fazer o trecho no sentido normal proposto pela guia da Mantiqueira hehehehe Uma senhora serra que deve exigir muita paciencia! Destaque para o Hostel que ficamos em Campos. Ótimo custo benefício.

    Nota:

  2. Marcelo Manginelli 28/07/2013 at 21:28 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Esse trajeto foi o primeiro da Expedição e Curso de Mountain Bike realizado pelo Guilherme Cavallari neste ano. O trajeto foi ao avesso, saímos de Campos do Jordão com destino a Itajubá, porém foi um grande início para a nossa jornada. Tivemos algumas boas descidas, imagino quem faz de Itajubá a Campos do Jordão!

    Nota:

  3. Walter Kauss 26/04/2013 at 23:22 - Responder

    Esporte praticado: Motocross

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: A estação ferroviária de Itajubá em restauração chama atenção. No caminho paro na barragem São Bernado para apreciar o lago e beber água natural da bica na estrada. Meu destino estava cada vez mais próximo, que era dormir em Campos do Jordão e assim fazer quase 200 km num só dia (20/04/2010). Referências perfeitas.

    Nota:

  4. Hendrik Fendel 10/10/2010 at 23:22 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Neste dia há uma subida árdua a ser encarada, pegamos um tempo seco e quente, havia pouca sombra e muita, muita poeira. No topo, na represa São Bernardo há uma bica de água que salvou o dia. Parece difícil, mas chega-se a campos do Jordão descendo. Novamente, para quem não gosta de cidades grandes Campos do Jordão não é uma boa pedida. Evitar o hotel Sulas, que pela internet parece aceitável, mas é muito ruim. Principalmente o café da manha, que é indispensável para um bom pedal. (o barato saiu caro, acredite) Mais fotos em http://picasaweb.google.com/hendrik.fendel/CicloMantiqueira

    Nota:

Deixe um comentário »

* * *


seis − = 3