Trilhas e Roteiros »

GT enCICLOpédia Vol. 2 / Paranapiacaba 1

GT enCICLOpédia Vol. 2 / Paranapiacaba 1

KM Total: 33,75
Metros subidos: 928 / descidos: 928
Tempo estimado: 1:50 a 4 horas

DESCRIÇÃO:

Paranapiacaba é uma minúscula vila do município de Santo André, na Grande São Paulo, construída no fim do século XIX como residência dos funcionários da extinta São Paulo Railway, empresa britânica que controlava as linhas férreas que escoavam as riquezas do interior paulista para o porto de Santos. A vila parece cenário de filme inglês antigo, estilo Sherlock Holmes. Essa trilha sai de Paranapiacaba e visita Quatinga, bairro semirrural pertencente a Mogi das Cruzes e, na volta, passa ainda pela simpática Taquarussú, um lugarejo composto de uma igreja e duas casinhas à beira de uma bela lagoa. Um trecho de 4,37 quilômetros de singletrack dá o toque técnico e mais aventureiro ao percurso. A região é rica em mata atlântica úmida e densa, propensa a muita chuva o ano todo, o que faz desse roteiro um potencial lamaçal de extrema beleza natural.

Trilhas são caminhos orgânicos, vivos, primeiras testemunhas de nossos passos na Terra. Todo caminho nasce de uma trilha. Todo caminho guarda em si o DNA de sua origem. Antes de visitar qualquer trilha publicada em nossos livros, aconselhamos a visita a sua página nessa sessão. Leia os comentários de quem já esteve lá, verifique se houve alteração nos roteiros. Depois de fazer uma de nossas trilhas, escreva aqui seus comentários e ajude a manter nossos títulos atualizados. A comunidade Kalapalo agradece…

Sua opinião (em pedaços de pizza)

2 comentários »

  1. Luciano Vieira 03/11/2010 at 16:22 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Fiz essa trilha na época mais seca do ano e ainda assim a quantidade de atoleiros era enorme... Mas mesmo assim é uma trilha bem legal... Cuidado com os motoqueiros nas partes mais estreitas da trilha, principalmente nos fins de semana....Um incidente digno de nota : deixei o carro em Paranapiacaba e na volta um moleque tinha murchado dois dos pneus; Tive que chamar o guincho do seguro, pois na cidade não tem posto de gasolina...Nota triste de vandalismo num lugar tão legal... Abraços

    Nota:

  2. Luciano Vieira 27/08/2007 at 16:23 - Responder

    Esporte praticado: MTB

    Característica pessoal: Amador

    Comentário: Estivemos eu e meu amigo Zé Helder em Piedade, em 5/4/2012, e fizemos a trilha com uma modificação : deixamos o carro em Piedade e seguimos pedalando até a Vila Élvio, o que aumentou a distância total percorrida para 59 Km. A estrada que vai para a Vila está toda asfaltada, o que me fez arrepender de ter ido pedalando. Mas mesmo assim valeu a pena. A Vila realmente é bem interessante, parece parada no tempo. A fábrica não é de colchões, e sim de móveis, e ainda funciona. A subida dita do matão realmente é difícil, ainda mais com o sol que fazia. Além da inclinação (maior que 20% em alguns trechos), as pedras e erosões completam a classificação super difícil para essa mega subida de uns 4 Km. Vários trechos bem bonitos de mata fechada e as paisagens altas são os pontos altos. Não conseguimos chegar no mirante da ponta da flecha, apareceu uma bifurcação que não estava no guia,apareceu uma porteira que também não estava, a estrada fechou de mato,daí resolvemos voltar. Mas foi uma ótima trilha, a última que me faltava fazer do volume 2. (tirando Atibaia 2 que eu me recuso... hehehehe) Abraço

    Nota:

Deixe um comentário »

* * *


4 − dois =