Blog »

CICLOVIAGEM 5 – TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA

Kalapalo 24/05/2010 1

A Cicloviagem publicada no Volume 5 da coleção Guia de Trilhas enCICLOpédia, de oito volumes total, traz um roteiro inventado por mim que depois me inspirou na criação da cicloMANTIQUEIRA – o maior roteiro de mountain bike do Brasil e um dos maiores do mundo, publicado no Guia de Trilhas cicloMANTIQUEIRA (30 dias de duração e 1.168 km de trilhas consecutivas – link para fotos do circuito no blog: http://clubedaaventurakalapalo.blogspot.com/2010/03/esse-album-de-fotos-apresenta-imagens.html

Link para resenha do livro no blog:
http://clubedaaventurakalapalo.blogspot.com/2009/11/resenha-livro-guia-de-trilhas.html).

Nessa Cicloviagem pelo sul de Minas Gerais as cidades de Passa Quatro, Virgínia, São Lourenço, Pouso Alto e Itanhandu são conectadas por 152 quilômetros de trilhas. Estradas de terra com pouquíssimo movimento de veículos são a tônica, além de vistas maravilhosas da região conhecida como Terras Altas da Mantiqueira – por abrigar o pico mais alto da região e quarta montanha mais alta do Brasil (Pico da Pedra da Mina, com 2.798 metros de altitude).

Essa Cicloviagem também coincide com um trecho (dos mais bonitos) da Estrada Real.

DIA 1, de Passa Quatro a Virgínia. Casas antigas e preservadas decoram a região. Passa Quatro tem muitos atrativos arquitetônicos, além de boa rede de pousadas e restaurantes…

DIA 1, estradas de terra quase sem movimento de veículos, margeadas por pequenas propriedade rurais ou áreas de preservação ambiental, marcam o trajeto…

DIA 1, a região é conhecida como Terras Altas da Mantiqueira e não faltam belas montanhas no cenário….

DIA 1, um trecho desse primeiro dia também é utilizado pela tradicional corrida de mountain bike Big Biker

DIA 2, de Virgínia a São Lourenço, o caminho segue e paralelo ao Riberião São Lourenço. A cidade de São Lourenço já foi importante destino de férias e conhecida estancia mineral. Como a moda de “banhos termais” praticamente acabou, os monumentais hotéis da cidade estão um pouco abandonados. Sente-se no ar um clima de opulência decadente muito interessante…

DIA 2, nesse dia vamos nos afastando da Mantiqueira e de suas mais altas montanhas…

DIA 3, sempre que o horizonte se abre podemos avistas as montanhas das Terras Altas da Mantiqueira...

DIA 3, as estradas de terra são tão tranquilas que o eventual trânsito geralmente é de cavalos e carroças…

DIA 4, de Itanhandu a Passa Quatro o trajeto sobe em direção ao Pico da Pedra da Mina, parte de trekking considerado “o mais difícil do Brasil” e publicado no Guia de Trilhas Trekking Vol. 1 (link para a resenha no blog: http://clubedaaventurakalapalo.blogspot.com/2010/04/o-volume-1-da-colecao-guia-de-trilhas.html)

DIA 4, ainda subindo em direção à Serra Fina e ao Pico da Pedra da Mina, no topo do vale (mas calma, a gente não tem que pular a cerca para pedalar)…

DIA 4, único trecho em singletrack do percurso, é preciso cruzar o Rio Verde perto de sua nascente para seguir viagem…

Gostou do percurso? Gostaria de fazê-lo também?

Está tudo minuciosamente mapeado, fotografado, planilhado e descrito no Volume 5 da coleção Guia de Trilhas enCICLOpédia, junto com outras nove trilhas nos municípios paulistas: Bom Jesus dos Perdões, Itupeva, Mairiporã, Paranapicaba, São Roque, Socorro e na Serra do Japi. O livro também traz importantes dicas de condionamento físico específico para mountain bike.

Guia de Trilhas enCICLOpédia 5

Guilherme Cavallari
Kalapalo Editora
2007
52 páginas
R$ 39
ISSN 9771809710001

  1. Anonymous 19/01/2012 at 12:17 - Responder

    Comentário: Sensacional, sou de Itanhandu, Hugo, mas estou morando em Mambai-GO, adorei. Tambem fazemos um passeio cicloturistico aqui, olhe o nosso site www.cerradoaventura.com.br. Parabens.