Blog »

TREKKING MARUMBI

Kalapalo 26/07/2010 2

Esse roteiro publicado no Volume 2 da coleção Guia de Trilhas Trekking é, na verdade, a união de dois roteiros clássicos de trekking do Paraná: o Caminho do Itupava e a travessia do Conjunto do Marumbi.

O Caminho do Itupava é uma antiga ligação entre o planalto de Curitiba e o litoral, provavelmente aberto pelos índios. A travessia do Conjunto do Marumbi é um trekking de montanha com diversos lances de via ferrata (quando há necessidade de escalada e a rocha é equipada com grampos fixos de ferro, correntes e demais artefatos para facilitar o acesso), que visita quase todos os principais picos do Marumbi.

Normalmente esses dois roteiros são feitos separadamente, usando a ligação ferroviária entre Curitiba e o Marumbi como porta de entrada e saída. Na estação do Marumbi há um camping gratuito com banheiros impecavelmente limpos e inclusive chuveiros com água quente. Aliás, não conheço nenhum outro parque brasileiro, seja estadual ou nacional, com essa estrutura. Parabéns ao Parque Estadual do Pico do Marumbi e aos montanhistas paranaenses!

DIA 1: Começo do Caminho do Itupava, bem sinalizado e demarcado…

DIA 1:A triha começa bem larga e a vegetação em torno mais aberta…

DIA 1:A primeira queda d’água oferece uma chance de abastecimento, mas não precisa se sobrecarregar porque não falta água no caminho…

DIA 1:Lugares alagadiços são protegidos por passarelas suspensas de madeira…

DIA 1:Ainda no começo, antes de entrar na mata, a vegetação em torno da trilha fica mais aberta…

DIA 1:Mas uma vez na mata atlântica o céu desaparece, o índice de umidade sobe a 100% e a cor verde impera sobre a paisagem…

DIA 1:Pontes de troncos muito sólidas facilitam a travessia de rios…

DIA 1:E pontes-pêncil muito bem construidas cruzam rios mais largos…

DIA 1:No meio do caminho as ruínas de uma bela casa, feita para os engenheiros da ferrovia, marcam o percurso…

DIA 1:A trilha cruza a linha férrea, ainda em pleno uso…

DIA 1:De repente, o Marumbi aparece com seus muitos picos. A estrada de ferro, cortada no pé da montanha, é nosso destino final para esse primeiro dia de caminha…

DIA 2:A travessia do Conjunto do Marumbi acontece por trilhas estreitas e íngremes no meio da mata e diversos trechos de via ferrata…

DIA 2:Paulistas, como eu, acostumados a subir a Pedra do Baú desde criança, vão se sentir em casa…

DIA 2:É difícil encontrar trechos planos nesse trekking…

DIA 2:Uma sequência de picos se sucedem no topo do Marumbi….

DIA 2: E na volta para a Estação Marumbi trechos de via ferratacom rapel em correntes fixas deixam o trekking mais emocionante…Gostou desse roteiro? Gostaria de fazê-lo também? Fácil…

Está tudo minuciosamente mapeado, explicado, descrito e fotografado no Volume 2 da coleção Guia de Trilhas Trekking, que também traz publicados os roteiros nacionais Volta à Ilhabela, Marins-Itaguaré e Pico Paraná e os internacionais Dentes de Navarino (Terra do Fogo, Chile) e El Chaltén (Patagônia, Argentina). Veja no blog os álbuns de fotos desses outros roteiros também!

Guia de Trilhas Trekking Vol. 2
Guilherme Cavallari
Kalapalo Editora
2009
94 páginas
R$ 39
ISBN 978858849070
http://www.kalapalo.com.br/

  1. VissottoJr 10/08/2010 at 0:16 - Responder

    Comentário: Fala Guilherme!
    Comentei com um amigo sobre a trilha e o cara se prepara para fazê-la no feriado de 7 de setembro. Me chamou para ir, mas ainda não consegui convencer a patroa (hehehe, filho recém nascido dá nisso).
    Recentemente fia a trilha da Bocaina que havia comentado com você. Dê uma olhada no link: http://picasaweb.google.com/vissottojr/20100709BocainaExpress#
    Abraço.

  2. Tiago Korb 05/04/2011 at 22:05 - Responder

    Comentário: Bah Guilherme, fiz o roteiro do Itupava + Marumbi com volta de trem mesmo com chuva conforme esta no livro. Muito legal!
    A única resalva que tenho a dizer é que o tal Terminal Guardalupe é um lugarzinho que não volto mais, é muito perigoso embarcar no local no ônibus para Quatro Barras, ainda mais de madrugada!